Newsletter

Área de Associados

Outros




Aplicação de Trichoderma para a protecção das feridas de poda

09-12-2017
Autores: Winetwork
As doenças do lenho (DL) limitam significativamente a produtividade e a longevidade das vinhas na maior parte das regiões vitivinícolas a nível mundial. Estas doenças atacam o lenho da videira, incluindo o tronco, estruturas de condução e respectivos talões (Baumgartner, 2013). Os agentes patogénicos envolvidos - um conjunto de fungos Ascomicetas taxonomicamente não relacionados - são capazes de infectar videiras saudáveis principalmente através das feridas de poda sendo que essa susceptibilidade pode manter-se no decurso de vários meses. É importante referir que não existem métodos curativos para o controlo das DL; A única forma de as evitar é utilizar métodos preventivos ou limitar a disseminação através da aplicação de diversas práticas culturais. A prevenção da infecção por DL pode ser efectuada através da aplicação de agentes de controlo biológico nas feridas de poda. Espécies do género Trichoderma (um fungo ascomiceta originalmente presente no solo), têm sido investigadas como potenciais agentes de controlo biológico das DL, por competição espacial e nutritiva.
Ficheiro: aqui
Nº de visitas:
free hit counter